sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Andróide



Um dos gêneros que mais curto é a ficção científica pois ela permite abordar diversos tipos de ambientes e cenários sem que tudo pareça fora de lugar ou absurdo. A capacidade de criação na ficção científica é espetacular! Porém, na verdade não sou muito afeito à onda tecnológica que estamos vivendo e preferiria muito mais me afastar de tudo isso e ir morar em um lugar distante, apenas fazendo coisas pouco, ou nada, ortodoxas. É estranho, mas é verdade. Acho que a tecnologia vai acabar ficando somente nos desenhos (e nos meios para conseguir produzí-los, mas sem largar o papel e a tinta, é bom que se diga!)...

Enfim, aí vai uma de minhas primeiras experimentações utilizando aparelhos tecnológicos (tablet e photoshop) para desenvolver um desenho.

Viva os andróides da ficção científica!!

Abraços!

Jaum

9 comentários:

Jerônimo Fagundes de Souza disse...

Bom pra caralho, Jaum. Sua colorização é inovadora e não segue os padrões americanos. Também adoro FC, especialmente Cyberpunk.

Jaum disse...

Opa, valeu mesmo Jerônimo!

A ficção Cyberpunk eu também curto pra caralho!

abração!

Piero disse...

Também gostei muito dos trabalhos em cor: parabéns. Quando conseguir se soltar da cerveja congelada da um toque!

Jaum disse...

Opa, pode crer Piero! Mas a cerveja não pode esquentar hein!

Obrigado pelo comentário!

abração!

giltokio disse...

esse desenho é o único que eu não gostei no blog por enquanto.

tem o lance da anatomia que tá estranha.
se bem que a anatomia estar estranha por si só não é problema, na maioria das vezes eu acho até melhor estranha.
mas talvez seja pq parece que a imagem tá meio chapada.

enfim, tudo muito subjetivo, mas as imagens abaixo estão geniais.

viva a ficção científica!

Jaum disse...

Grande Gil! Valeu pelos comentários! E garanto me esforçar mais nas próximas ilustrações! Também gosto de "anatomias deformadas", pois, pessoalmente, acho muito chato aquela coisa acadêmica por completo, como o Leonardo Da Vinci da vida (inclusive, ele tem um trabalho caricatural que é incrível!), mas entendo o seu ponto de vista. Na verdade eu quis brincar um pouco com algumas coisas que aprendi estudando a arte do Philippe Druillet.

De qualquer forma, obrigado pela dica!

Abração!

Ricardo Sanchez disse...

Gostei muito das cores! ( o traço também é muito bom)

Jaum disse...

Valeu Ricardo! Vamos tentar ir experimentando essas tecnologias para ver o sai daí né!

Abração!

Blog Similaridade disse...

Nossa que foda Jaum!
Júlia Laender